O que é Marketing “Boca-a-Boca”?
Picture about a connection of people using digitals
Line Østergaard
Author: Line Østergaard
On maio 19, 2015

Boca-a-boca é o mais poderoso método para fazer marketing de um negócio. Todos nós já experimentamos este fenômeno pelo menos uma vez. Na verdade, isso acontece com mais frequência do que sabemos.

Às vezes estamos cientes disso e às vezes não. Você está no momento de decidir entre dois produtos, A ou B. O produto em si não é tão relevante neste caso, mas para torná-lo mais interessante, vamos fingir que você está prestes a entrar em um restaurante … e agora?

É a primeira vez que você está nesta cidade e está com vontade de comer comida italiana, mas em dúvida se deve escolher “Casa di Itália” ou “Casa di Mamma”. Felizmente você tem uma amiga, Laura, que curtiu recentemente a página do “Casa di Mamma” no Facebook. Nesse momento, a probabilidade de você escolher esse restaurante é definitivamente muito maior, por causa da credibilidade da opinião de sua amiga. Vamos voltar a esse cenário mais tarde.

Como eu disse no início, marketing “boca-a-boca” é o método mais poderoso para fazer marketing de qualquer negócio. Geralmente as pessoas estão mais inclinadas a comprar um produto com base em recomendações de seus amigos. Compare a recomendação de um amigo confiável a uma campanha de propaganda cara feita por uma grande empresa. Qual você acha que em termos orçamentais é o mais barato? Claro que é o marketing “boca-a-boca”. No entanto esse não é o jeito mais fácil de adquirir mais popularidade para sua empresa, especialmente no período inicial, o impacto dessa forma de marketing é maior quando um cliente está comprando um produto pela primeira vez ou quando se trata de compras de produtos caros. Apesar de não ser revolucionário, o marketing “boca-a-boca” mudou desde a era da Internet, especialmente após o advento do Facebook, lançado publicamente em 2006.

Hoje, o Facebook tem uma maneira muito inteligente de dar o pontapé inicial a este efeito “boca-a-boca”. Quando um usuário do Facebook decide curtir, fazer comentários, ou compartilhar conteúdo no Facebook, a ação se espalha em toda a sua rede de contatos. Ao curtir uma página no Facebook de uma empresa ou post, a recomendação do usuário aparece no feed de notícias dos amigos deles. Daniel curte o post do “Casa di Italia”.

Se você consegue fomentar um efeito “boca-a-boca” positivo no Facebook ou em outras mídias sociais, então você consegue chegar a um nível mais alto de marketing. Iniciar diálogos, ouvir opiniões e interações em geral com os seus seguidores, são regras básicas e fundamentais para ser ouvido em uma comunidade social.

Quando um cliente tiver um problema com o seu produto, uma sugestão a fazer, ou talvez uma pergunta comum sobre os horários de funcionamentos, a forma como se responde determina o sentimento do consumidor de estar sendo ouvido por uma pessoa real, de ser relevante para a empresa. O Facebook não é apenas uma ferramenta para atingir um público específico, visão geral de produtos da empresa, informações gerais, etc. mas principalmente uma ferramenta capaz de criar engajamento social entre a empresa e o cliente.

Agora vamos voltar ao restaurante italiano do início! Se a sua amiga Laura diz que ama “Casa di Mamma”, isso tem 10.000 vezes mais peso do que um post no Facebook da “Casa di Mamma”.

E como “Casa di Mamma” deve agir sobre isso? A jogada mais inteligente seria tirar proveito das recomendações, concentrando os seus recursos de marketing sobre a criação de uma base de fãs engajados no Facebook. Uma base única de fãs que somente falem sobre “Casa de Mamma”.

Marketing “boca-a-boca” nunca deve ser subestimado. Imagine que você pode obter um grupo de clientes, sem qualquer custo financeiro, clientes compartilham entre amigos e famílias. Agora, não vale a pena tentar?

Share this article with friends and family!